quinta-feira

Se funciona...


PRE-SALE: PIN Good Vibes Only Enamel Lapel Pin 1 by shopannshen:

Não é que me tenha virado de repente para as questões místicas ou esotéricas, nada disso, mas como boa menina de educação católica que a certa altura começou a questionar a existência do deus das igrejas, comecei a sentir necessidade de acreditar num ser superior, numa força que me comanda e numa justificação para aquelas cenas da vida que não quero/posso controlar e/ou admitir. 
Acho que faz parte da natureza humana. Somos pequeninos, insignificantes grãos de areia num deserto imenso e dá jeito pensar que há algo maior do que nós, seja um deus, um redentor, santos, vibrações, planetas ou constelações e ciclos solares. 
Ao mesmo tempo, tenho vindo a fazer um caminho interior muito interessante e conheço-me melhor agora do que há uns meros 12 meses. Confio mais em mim, sinto mais segurança e estou a borrifar-me para o que a generalidade do mundo possa pensar!
Preocupo-me mais comigo e já consigo pôr-me muitas vezes em primeiro lugar. Sou mais honesta.
Este ano, esperei pelas alturas certas para arrumar gavetas, para olhar para o espelho e pôr tudo preto no branco, dizer o que não podia dizer a mais ninguém, assumir o que não queria assumir, castigar-me e recompensar-me por isso.
Não virei mística, mas estou atenta às vibrações que me rodeiam, ao instinto, ao momento certo para cada atitude. À maneira de pensar e imaginar o futuro.

Sei o que quero ser, sei o que quero fazer e sei como lá chegar.
Mas também sei que com ajuda chego lá mais depressa!
A questão de mentalização, do pensamento positivo, da manifestação clara do que quero é uma ajuda preciosa para mim, que racionalizo e desconstruo mesmo o que não precisa de ser racionalizado ou desconstruído, mas funciono assim, foi o que fiz durante todo este ano que acaba agora e não me saí mal!
Na verdade, nunca me senti tão bem!

*
*

4 comentários:

Mariana disse...

Espero que 2017 te traga ventos favoráveis e que as tuas vizinhas parem de lavar a entrada de casa quando chove. Grande abraço, querida Anamê :)

Ana. disse...

Ahahaha!
Que extraordinário voto de Ano Novo, Mariana!!
De facto, seria muito bom!

Um excelente ano para ti, cheio de corridas madrugadoras e zero burocracias no trabalho! :)
Um beijo para os quatro lá de casa!(ou um para cada um, escusam de repartir!)

Mariana disse...

Somos seis lá em casa mas já estou a habituar-me a distribuir tudo de acordo com a nova equação :)

Ana. disse...

Ohh! Sorry!
Para os 6 então!
:)