segunda-feira

I want all the cookies!



Dizer que gosto de doces é aflorar o meu amor pelo açúcar com uma ligeireza admirável!
Gosto muito e já falei disso amiúde!
Gosto de todos e fico um bocadinho triste e desalentada quando vejo aquelas receitas de bolos com whey (chama-se soro de leite caraças!), com curgete, com leite de coco em vez de ovos, enfim, com coisas que nem imagino nem sei o nome, porque não fazem parte da minha despensa!
Embora não me imagine a comer bolos só com claras em castelo, stevia e farinha de aveia ou arroz (blhaarrghh!), há algumas coisas que sou quase forçada a fazer a bem da saúde e distensão abdominal. Como abriu recentemente a época das bolachas lá em casa, digamos que nos últimos dias comi umas quantas...
Pois que uma noite destas estava super mal disposta e com uma pança que quem dera muitas grávidas de seis meses!
Sendo assim, ontem fiz bolachinhas de canela e nozes com farinha integral! Sempre é melhor do que a farinha branca, refinadíssima.
Pensei que iam ficar mais secas, tipo farelo, porque também gamei um bocadinho na manteiga, mas não é que as sacanas das bolachas estão um luxo?!
Prevejo muita fornadas de bolachas integrais e quando um dia destes me der uma travadinha e gastar 3€ num quilo de farinha sem glúten, vai ser a loucura!!
Vou comer um quilo de bolachas!!
Vou fazer todos os bolos, e scones e panquecas e tuditudo!
Vai ser a loucura!

Pumbas!

*
*

3 comentários:

Mariana disse...

Mas tens noção que as farinhas integrais não incham menos do que as outras, certo?
O palmier, por exemplo, é coisa que não incha nada. Nem o salame de chocolate. Nem o travesseiro. Nem o pastel de nata. Continuo?

Ana. disse...

Sim, sim, mas já me contento por não me darem dores de barriga!!
E havias de ver como fico se comer um palmier, Mariana! A massa folhada acaba comigo!! Sadly!
:)

Mariana disse...

:'( Isso é trágico. A massa folhada é a melhor coisa que a manteiga e a farinha conseguem fazer juntas.