sexta-feira

Body and Mind

More inspiration? See clip : Short video Bed Breakfast Valencia Mindfulness Retreat: https://www.youtube.com/watch?v=YOvpH_tX8pM:

Faz na semana que vem oito anos que me inscrevi no ginásio onde ainda estou. 
Tirando as férias ou uma ou outra semana, em que não fui por estar com as minhas habituais contraturas ou dorzitas, tenho sido bastante regular na frequência com que faço exercício físico. 
Já experimentei de tudo - acho mesmo que fiz todas as modalidades pelo menos uma vez - e sei o que gosto e o que não gosto de fazer. Fiz Power Plate durante três anos, Anti-Gravity durante ano e meio, experimentei uma aula de dança do ventre, uma de barriga killer e uma de Spartans. RPM, Power Jump, MIB, Zumba, Total Condicionamento, Xcelerate, Hidroginástica, enfim, não me escaparam muitas. Fiz algumas aulas regularmente durante muito tempo e só há duas modalidades que continuam a ser as minhas favoritas: Body Balance e Body Pump. Não têm nada que ver uma com a outra, mas complementam-se maravilhosamente e, mais importante do que qualquer outra coisa, fazem-me sentir muito bem. 
O meu amor maior é o Yoga; não há volta a dar-lhe. Fiz durante alguns anos e voltei no ano passado para constatar que não há outra aula que me dê tanto prazer, que me deixe com uma sensação maior de paz e que me faça sentir tão bem com o meu corpo, que parece que a cada aula faz um pouco mais, um pouco melhor. 
Ontem comecei a fazer Pilates para ter mais força para a prática de Yoga. Não vou dizer que amei de paixão fazer Pilates, mas só não amei porque dói para caraças. Reconheço que é um bom complemento a tudo o resto que faço, por isso é para continuar.
Ontem também, em Yoga, fiz o início da postura em que me magoei há uns anos e apesar de não ter forçado absolutamente nada, o facto de estar sozinha no meu colchão, sem almofadas, deixou-me um bocadinho insegura, com medo. Sei que é um medo que vou acabar por conquistar, um bocadinho de cada vez e daqui a um ano estarei bem direitinha só com o cocuruto da cabeça assente no chão!

E embora estas coisas todas operem mudanças no corpo, embora façam bem à saúde física e isso também me motive, a verdade é que o maior benefício para mim verifica-se na cuca. Porque quando o corpo está a esforçar-se, quando está a deixar sair as toxinas, quando está a tentar ultrapassar os limites, a cabeça não tem muito tempo ou espaço para pensar.


*
*

1 comentário:

Anónimo disse...

Também são as minhas aulas preferidas pump ... Balance adoro mesmo e praticar yôga tem me feito muito bem.