terça-feira

Sweets for my sweet!

hummingbird bakery. The most amazing cakes. It's impossible to go past without buying one.:
Mostro-vos uma foto da minha ideia do Paraíso - The Hummingbird Bakery em Londres, ou o melhor Red Velvet do mundo e arredores! - Meu Deus!



Sei que pode parecer uma parvoíce, mas eu ando sempre a pensar em doces. Sempre, mas assim, sempre mesmo. Todos os dias. 
Acho que é coisa de família, porque somos todos muito gulosos, e desde pequena que como doces sem grandes contemplações ou culpas. Sou até daquelas pessoas que deixa de comer a comida à refeição para ter espaço para a sobremesa, mesmo que seja uma açorda de marisco do Telheiro! 
Tudo me serve, chocolates, bolos, pudins, crepes, compotas, gelados, cenas com massa folhada, cenas com leite condensado (amo cenas com leite condensado), bolachas, enfim, tudo! 
Já sei que o açúcar é o demónio reencarnado que faz mal a tudo e mais alguma coisa, que dá cabo do corpo, da saúde, que envelhece e papati-patatá, mas... faz-me bem à alma! Adoro!

O problema é que o mesmo corpo que procuro manter saudável com exercício e com uma alimentação boa (lá está, excetuando os doces), está a enviar-me sinais de que já chega, já atingi a minha cota de açúcar para duas vidas, pelo menos. Há alturas em que me esforço de verdade para moderar o consumo e habituei-me a fazer aquela coisa parva que é não pôr açúcar no café, mas... depois acompanho o próprio do café com um cupcake! Eu tenho problemas, bem sei.

Por isso, agora estou a tentar resistir ao consumo desvairado de coisas doces, vou deixar só para os dias especiais e um cheat day por semana, em que ainda assim não me posso enfrascar até cair, porque depois vêm as cólicas, as dores de estômago, as dores de cabeça e etc e tal. 
Sei que consigo, porque o açúcar é viciante mas não é difícil de deixar, é assim tipo uma droga levezinha! Tenho bolachas em casa, tenho chocolates, latas de leite condensado e tudo o mais, mas não os vou comer; só preciso de saber que estão ali. Como diz o Nuno, daqui a uma semana já não sinto este desejo todo de comer doces.
Mas até lá, caraças, não penso noutra coisa! E por favor, que ninguém me meta um bolo à frente, que eu vou-me a ele!

*
*

5 comentários:

gralha disse...

Folhados. Tartes. Cheesecake. Bavaroises. Croissants. Palmiers. Salame de chocolate. Gelados. Amêndoas da Páscoa. M&Ms de amendoim. Reese's Peanut Butter Cups. Sim, baba de camelo. Sim, leite condensado à colher. Venham a mim.

Felizmente não é todos os dias porque não há exercício que compense tanta porcaria. Diria que são umas duas semanas por mês. Infelizmente, seguidas :)

Boa sorte! :P

Ana. disse...

Ahaha! A girl after my own heart!!
Para mim, a palavra chave tem de passar a ser moderação, gralha, moderação é a chave do sucesso!

(E manteiga de amendoím da cremosa, à colherada?! Aiiiiiiiii!! )

:)

Ana. disse...

gralha, so sorry, apaguei o teu comentário sem querer!!
Mas estás a ver?! Nunca nos zangaríamos por causa de manteiga de amendoim!!!

:)

gralha disse...

Foi sem querer, foi. Ficaste foi a "augar" o meu snickers :P

Ana. disse...

Ahahahah!! Isso!