sexta-feira

First world problems...

Charity power #yoga for yogis and beginners! Join us: http://www.meetup.com/PowerYogaParis/:




Há coisa de três anos (ou terão sido quatro?, sei lá o tempo passa tão depressa que já nem sei), numa altura em que fazia yoga regularmente e já com alguma habilidade (coff, coff), magoei-me numa aula a fazer uma invertida e lixei a cervical. Ora, como sou pessoa que, parecendo que não, valoriza o bem-estar físico, a ausência de dor e sobretudo a capacidade de suster a cabeça direitinha em cima dos ombros, ganhei medo, precisei de algum tempo de recuperação e deixei de fazer yoga.
A minha ausência nas aulas deve ter sido insuportável, inultrapassável, porque um ano depois as aulas desapareceram do horário da semana e passou a haver apenas uma ao domingo (que toda a gente sabe que é dia do senhor e não é para ir ao ginásio!).
O meu desgosto foi evidente!

Mas eis senão quando nesta "rentrée" pós-agosto (mês pavoroso no ginásio porque não há pessoas, logo, quase não há aulas de jeito!), apareceram vindas da bruma duas aulas de yoga, em dias úteis! Duas!
Quase ouvi os sinos a repicar, as harpas a tocar, os anjos a cantar!
Só que...

A aula da terça feira cai em cima da aula de zumba, que é só a aula mais divertida da semana, onde dou asas ao (pouco) salero que me corre nas veias e onde rebolo a anca o mais que sei e posso, sem vergonhas nem constrangimentos. É uma hora de cardio disfarçado de diversão em que suo as estopinhas, canto como se não houvesse amanhã e sorrio tanto que fico com dores nas bochechas!

A aula de quinta feira cai em cima da aula de anti-gravity, que é só a melhor hora da semana, onde ganho verdadeiramente asas, não só no corpo, mas na cabeça, porque quando entro no hammock esqueço-me de tudo o que está cá fora (às vezes é porque os exercícios aleijam para caraças, outras, quase todas, porque sinto uma paz como nunca senti em mais lado nenhum).

Por isso, já se vê este meu trágico dilema. Não me sinto psicologicamente preparada para prescindir de nenhuma das aulas e a melhor alternativa era passar o anti-gravity para a sexta feira, mas como não depende só de mim (tenho outros colegas na aula, claro), estou assim, neste limbo!

Oh, os problemas do mundo civilizado!...

*
*

Sem comentários: