quinta-feira

Love, love, love!

Even from just the sound of your voice on the phone in the morning or late at night......you rock my world Eva.




Por muitos motivos, mas principalmente porque gostávamos um do outro e queríamos muito estar juntos, faz hoje 15 anos que nos casámos. Com direito a igreja (Basílica, na verdade), Monsenhor, sermão loooongo e tudo o resto.
Foi uma celebração que não era só para nós, por isso as minhas convicções religiosas (ou a falta delas) não foram para ali chamadas. Foi um dia bonito, frio, rodeado de gente querida com quem não tive tempo de falar como queria.
O bolo era maravilhoso, mas as toalhas das mesas eram amarelas - o horror, a tragédia - logo comigo que não gosto de amarelo, logo naquele dia! Não estragou nem um pouco a minha disposição, valores mais altos se levantavam, mas o impacto visual não foi o que esperei - tinha escolhido toalhas verdes, claro!
O meu vestido era giro - vestido de inverno, com mangas compridas e um casaco como o da Cinderela, desenhado por mim, feito pela minha mãe - mas o cabelo estava horroroso! Da maquilhagem nem se fala! Adiante!

Entretanto passaram estes anos todos e confesso que apesar de não valorizar particularmente o simbolismo da coisa, nunca deixamos passar em branco. Quando conseguimos, não trabalhamos, vamos passear, ver o mar, vamos à serra, e todos os anos - mas todos mesmo - vamos jantar ao mesmo sítio, comer a mesma coisa!

Já lá vão 15 anos, com mais seis antes destes, portanto uns jeitosos 21 no total, e durante este tempo não conheci nem vi ninguém que quisesse ao meu lado em vez do Nuno.
Ainda hoje não conheço ninguém melhor do que ele, e tenho uma sorte dos diabos por poder partilhar os meus dias com um miúdo tão fantástico!
Divirto-me tanto com ele, rio tanto, adoro a paz que temos.
Venham mais 15, venham mais 21, venham mais 50!

Já nem me lembro da minha vida antes de o amar!
E assim é que está bem.



Um dia ponho-me a esmiuçar esta tragédia que é já terem passado 21 anos desde que nos conhecemos... 21 oi?! Mas como, quando? Para onde foi o tempo?!! Nem o vi passar!

*
*

2 comentários:

gralha disse...

Muitos parabéns, pombinhos <3

Raquel disse...

Gosto tanto de ler esse amor... Revejo-me tanto pelo tempo, pelos "nossos Nunos"... Parabéns pela vida em comum! Bjoo