sexta-feira

O Gato está bem, btw

11 Books to Read After College Graduation (When You Have No Idea What's Going On) | Bustle
Podia ter lido isto, mas não li!





Eu sei que nem sempre consigo ser a pessoa mais sensata do mundo, às vezes falo mais do que devia, sem filtro, até digo coisas de que mais tarde me arrependo, mas tento sempre, sempre, não ser insensível em relação aos outros.
Por ridículo que possa parecer, porque afinal é só um gato (como dirão os seres superiores que nunca tiveram animais de estimação em casa durante mais de 15 anos), quando se conta a alguém que o gatinho tem problemas renais e esteve internado, a resposta que se quer ouvir não é um displicente:
"Ui, então, diz-lhe adeus!"
Isto vindo de alguém que chorou baba e ranho quando o gato lá de casa morreu.
Não.
Para dizer merdas destas mais vale estar de bico fechado.

E perguntam-me: Espingardaste?
Não, também.
Por respeito, por ter noção de que se abrisse a boca ia dizer merdas a mais e porque é feio ser-se indelicado para com os mais velhos.

Estou tão crescidinha, eu!

*
*


2 comentários:

gralha disse...

Desde que isso do ficar crescidinha não signifique acumular, acumular, até explodir (ou implodir).

Agora tentando ser magnânima: às vezes todos dizemos estupidezes. É chato, mas acontece.

Naná disse...

Há tanta gente insensível... especialmente aqueles que mais sensíveis deveriam ser!

As melhoras do teu gato :)