quinta-feira

Vale a Pena!




Já todos sabemos que fazer desporto é bom para o corpo, que ajuda a regular os níveis de colestrol - esse diabo - que ajuda a libertar toxinas, que ajuda a controlar o peso e as gordurinhas, enfim, feito com boa consciência corporal faz bem a tudo o que é físico em nós.
Mas não há dúvida nenhuma que, para mim, o mais importante do exercício físico é a leveza que sinto quando as aulas acabam!
Nos meses de inverno (de inverno profundo, que este abril não se pode considerar primavera nem qualquer outra coisa que não inverno!) é fácil deixar-me ficar por casa, ou porque trabalho até mais tarde - como escurece cedo quando dou por ela já são 7 da noite e já não apetece sair de casa - ou porque está a chover muito e para chegar ao ginásio tenho de andar 12 minutos!
A verdade é que fiz muito pouco desporto durante este inverno e senti os efeitos na pinha... É como cair num ciclo vicioso, num "quanto menos se faz menos se tem vontade de fazer". E atrás disto vão muitas outras coisas que tornam a minha vida mais saudável, mais leve e gira!
Depois quando se quebra este ciclo, é igualmente fácil reencontrar a motivação, perceber que afinal fomos uns tontinhos, porque se o exercício nos faz sentir bem, por que diabo deixámos de o praticar? E nem falo só de exercício de ginásio, já fiz belas aulas de Zumba ali na sala e em qualquer lugar se fazem umas dezenas de agachamentos e lunges, por isso para mim não é só a questão de sair de casa, mas principalmente uma questão de motivação. 
Ontem por exemplo, estava ligeiramente partida das coxas (!!) mas fui fazer a aula de Power Jump... Não vou dizer que não me custou, os primeiros minutos foram um inferno, mas depois os músculos aquecem e as dores passam. Hoje estou ótima das coxas! E passei a aula a sorrir, porque gosto muito de fazer aquilo e há uns 2 meses que não fazia.
Agora que recomecei, tenho de facto vontade de continuar; estou aqui a trabalhar e a olhar as horas para ver quando chega a altura de sair.
Isso é bom. Faz-me bem. Ando mais bem disposta, mais produtiva, como melhor, durmo melhor.
Assim vale a pena!


*
*


2 comentários:

Melissinha disse...

Também me faz maravilhas. Ultimamente, descobri as delícias de fazer em casa, com vídeos, sem espelhos nem julgamentos (meus, claro - estou-me a borrifar para os outros) e tem sido muito bom.

Sinto-me tão bem quando acaba que não entendo a minha resistência em começar.

Ana. disse...

É exatamente isso, Mel, sabe tão bem no fim que se torna difícil entender porque custa tanto começar!
:)