quarta-feira

Às vezes vendemo-nos por pouco...



Eu sou tradutora.
Trabalho como freelancer e sobretudo com literatura, que é a minha paixão.
Penei muito para poder estudar no curso que queria, foi muito difícil estudar e trabalhar ao mesmo tempo, mas chegou a uma altura em que todo o esforço começou a compensar.
Passei a trabalhar só em tradução, já vai para dez anos.
Nestes dez anos tive livros muito bons, outros não tanto, livros muito bem pagos, outros vergonhosamente pagos por baixo. Mas o saldo sempre foi positivo. Fui encontrando gente muito boa pelo caminho, pessoas que gostam de trabalhar e que o fazem com o mesmo amor e dedicação que eu. Também encontrei gente fraca, que não é capaz de chamar os bois pelos nomes e que se esconde atrás de desculpas esfarrapadas e subterfúgios infantis para não cumprir com as suas obrigações.
Achei que tinha aprendido a separar o trigo do joio.
Até agora.

Estou positivamente lixada com uma situação em que, em nome de um investimento futuro, de uma oportunidade, de um título emblemático, me vendi por pouco, tão pouco, com condições que nunca aceitei antes e que considero oportunistas. Estou lixada porque arrastei outra pessoa comigo e porque no fundo, no fundinho, tenho uma voz que me diz que isto pode não correr bem. E isto, para uma pessoa optimista como eu, dá cá um nó na pinha, que nem vos digo nada...

*
*


4 comentários:

gralha disse...

Espero que corra tudo o melhor possível. A vida está cheia de incertezas para toda a gente, é mesmo assim.

Carla Isabel disse...

Para começar:pensamento posistivo!
Pede a Deus que te dê luz para seguirres o teu caminho e esse projeto dar certo..que vai dar!
Vou rezar por ti!

Beijiho

Amigo Imaginário disse...

É tão triste ver como os tradutores são cada vez mais mal tratados nesse país. Quando comecei a trabalhar há 15 anos recebia mais do que agora... :( Mas força para esse novo projecto!

Ana. disse...

Obrigada, meninas,

Amigo I, o projeto não é novo... foi concluído dentro do prazo, entregue com revisão prévia, já está publicado e os exemplares estão à venda nas principais livrarias...