sábado

Breathe in... Breathe out...



Se há coisa que tenho de me recordar constantemente, sob pena de ir desta para melhor em todos os sentidos possíveis e imaginários, é para parar cinco segundos, desligar a cuca e respirar.
Só respirar, de olhos fechados, sentada no chão de pernas cruzadas.
Inspira... expira...
E repete.

Parece fácil, mas não é.

*
*


Sem comentários: