sexta-feira

Do Pouco ao Muito



Nunca tive grandes problemas com o peso.
Aliás, quando era miúda a minha maior preocupação (e grande frustração) era ser magrinha, magrinha, daquelas miúdas que parece que não podem com uma gata pelo rabo e que são obrigadas a tomar óleo de fígado de bacalhau para abrir o apetite e engordar uns graminhas.
Pois, tenho a dizer que os litros do detestável xarope estão a fazer efeito agora!
Só me apetece comer e nunca estive tão pesada. Não estou gordinha, nem ando lá perto, mas para quem tem 1.61 de altura, quaisquer três quilos se notam.
E sim, desculpe-me quem se debate para perder quantidades substanciais de peso, mas três quilos, a mim, incomodam-me bastante.
Não ajuda estar sempre sentada a trabalhar e andar a baldar-me vergonhosamente ao ginásio!

Levo isto com grande descontração e uma boa dose de estupidez natural - se assim não fosse, não tinha feito, desde domingo, dois bolos de iogurte e uma tarde folhada de maçã...
O que vale é que já é sexta-feira!

*
*


2 comentários:

Melissinha disse...

olha, comi um bolo, estou para morrer. Pronto, falei.

Ana. disse...

Não vale a pena, Mel! Desde que seja filho único durante algum tempo...
;)