quarta-feira

Buááááá!






O apartamento em frente ao meu é alugado e desde que aqui vivemos (há nove anos) já lá estiveram uns vinte arrendatários. Nunca vi uma casa com uma rotação destas!Agora vivem aqui uns senhores que têm na porta uma placa que diz: Cristo é o Caminho.

E eu gostava que eles falassem lá com o Cristo deles e metessem uma cunha para aquele pobre bebé parar de chorar e gritar como chora, e grita. Não sei se o bebé é grande ou pequeno, sei que alguma coisa não deve estar muito bem, porque grita como se o estivessem a esganar TODO O DIA. A sério, deve ser aflitivo ter assim uma criança. De tal forma que de vez em quando ouço a mãe a gritar com ele também...

Já estive para ir lá perguntar se precisa de ajuda, se posso fazer alguma coisa. Mas a verdade é que não os conheço de lado nenhum, não percebo muito de bebés que choram e a bem dizer, daqui a dois ou três meses eles vão-se embora...





*


*

4 comentários:

Ana C. disse...

Leva-lhes um biberon com vodcka :)

pekala disse...

o meu era assim.chorava chorava chorava gritava gritava gritava por nada,sem razão,chateado com o mundo,era horrível.e às vezes eu tbm gritava porque n aguentava mais,nada o consolava,nada!não imaginas o que é aguentar isto dias e noites,é um tormento que não acaba,é frustrante,sentia-me tão mas tão impotente e cheguei a levá-lo ao médico,a ligar pra saúde 24 e nada,tudo normal,míudo ok,o problema é q quando começas a perder a paciência passas a tensão toda ao bébé mesmo sem querer e torna-se um ciclo vicioso.eventualmente passou e ele acalmou mas foi complicado.olha,tens que aguentar:D
mas acho que podias tentar conhecê-la sim,talvez pudesses ir ter com ela nem q fosse só meia horinha...e daí não sei,há malta que leva a mal...olha,aguenta e não chora:DDD

Ana. disse...

Eu aguento na boa, pekala, tenho é pena da criança que não pára de chorar e da mãe que claramente não sabe o que mais lhe fazer.
Não tenho coragem para ir lá bater à porta e dizer "olhe o seu filho chora tanto, deixe-me dar-lhe colinho a ver se ele se cala!" Ainda apanho na tromba! Não os conheço...

Ana. disse...

Cê, a tua solução, como sempre, é do best!!