terça-feira

Custa...

Pinterest

Há muito tempo que não via tantos pedintes em Braga. Uns de chapéu na mão, outros de muletas, um sem um polegar, outro ainda com uma perna das calças arregaçada e o pé deformado descalço, mais um ao fundo da rua sentado a um canto com um joelho cheio de cicatrizes... Custa tanto passar por eles e não dar nada; vê-los e saber que se quisessem, se tivessem tido força de vontade podiam agora ter uma vida diferente, podiam ter forças para arranjar trabalho, para serem produtivos e não andarem a sobreviver à conta dos subsídios e da bondade/pena alheias...
Mais do que as dificuldades físicas que estas pessoas sentem, e que não contesto nem ignoro de modo algum, custa-me pensar que a mentalidade do "Coitadinho é aleijado e não pode trabalhar" ainda está muito enraizada na nossa sociedade. Porque é que não ter um pé, ou ter um joelho torto ou o polegar amputado faz com que alguém não POSSA trabalhar?
Às vezes também falta um bocadinho de vontade...

*
*

Sem comentários: