quinta-feira

I Can See You But You Can't See Me!


Então, hoje fui fazer umas comprinhas.
A minha auto-estima tem andado assim um bocadito pelas ruas da amargura. Porque são umas ruguitas que me apareceram aqui e acolá, porque a barriguita teima em não desaparecer, porque nas últimas duas semanas engordei quase três quilos, enfim, you name it...
Mas faço um esforço para me vestir bem, para colocar uma corzinha no rosto, por não me abandalhar.
Assim sendo, vesti o meu top verde favorito e fui à Sephora comprar uma base em pó que me estava a fazer falta.
Na caixa, atendeu-me uma senhorra frrancesa que dobrrava os erres todos.
Orra aqui tem uma amostrrinha de um excelente anti-cerrne; uma amostrrinha de um crreme antirrugas e um sérrum que faz uma micrro exfoliação e melhorra a texturra da pele.

Até fico contente quando me oferecem cenas e cremes então, adoro!
O que se passa é que eu sempre tive olheiras, sempre as odiei, já usei trezentos mil cremes e nada resulta, vou ter olheiras a vida toda e se há coisa que me deixa triste é que me digam "hoje estás cá com umas olheiras"... Porque não é hoje, é sempre.
Há algum tempo comecei a ver umas rugazitas a instalarem-se em redor dos olhos. Eu bem ponho creme, mas nada a fazer, é o tempo a passar por mim.
E tenho a pele do rosto cheia de manchinhas - gostava de dizer que são sardas, que é uma coisa engraçada e partusca, mas não são, são manchinhas, paciência!

Por isso saí da Sephora com a base que procurava e com vontade de enfiar a cabeça num saco de papel pardo, só com uns buraquinhos para os olhos...

Fazê o quê?!!

*
*

2 comentários:

Princesa Tagarela disse...

Sabes o que te digo...seria eu uma mulher muito mais feliz se pudesse cuidar-te e atenuar-te essas coisinhas todas!!

Beijos

Té F. disse...

Olá Ana

Pois é tudo normal, o tempo passa por nós e deixa marcas...tratar de nós não nos descuidar mas aceitar! é o melhor! ;)

Bjinho