terça-feira

Saber de Tudo e de Nada




Sempre me achei uma pessoa muito prática, pragmática, física no sentido de acreditar apenas na matéria, no palpável (daí as minhas questões por resolver com a religião).
Nunca dei muito valor ao que as pessoas chamam de destino, de acordo com a minha maneira de pensar a astrologia é um tanto ou quanto risível e não sou uma pessoa muito espiritual...
Mas há acontecimentos que não sei explicar, coisas que parecem acontecer sem que a matéria, a ciência, e a lógica tenham influência.
E quando isto acontece, tenho duas opções: 1- Fico inquieta, furiosa quase, por não entender e não poder explicar, ou 2 - aceito que não domino nem entendo tudo e que há de facto forças que nos arrancam as coisas das mãos e operam sem que as possamos deter.
Isto aconteceu recentemente com um encontro/reencontro que inicialmente parecia uma coisa e agora evoluiu para outra. O que parecia ser apenas um acaso, está a transformar-se num caso sério do destino em acção.
A minha carreira de cupida nunca foi grande coisa, mas espero estar perante a redenção!
Não entendo, não sei explicar, mas quem é que disse que nós sabemos sempre tudo?...

*
*

3 comentários:

Princesa Tagarela disse...

...mais uma pedra preciosa na caixinha das memórias que compõe a nossa história, aquela que é só nossa!!

Beijo Colossal minha Cupida!!! ;)

Melissinha disse...

sonho com uma carreira de cupida. As minhas tentativas são sempre desastrosas. Acabam sempre por vir as duas partes tirar satisfações comigo.

Tenho uma amiga que, sem esse sonho, tem esse condão. Tá sempre a fazer casais, mas casais a sério, daqueles que casam, têm meninos, o diabo. Queria tanto! Ia passar a vida a falar-lhes do começo, da minha parte no acontecido, etc em longos e quentes serões.

Pois, realmente Deus sabe o que faz quando distribui dons.

Ana. disse...

Ahahahaha! Mel!!
Eu já fiz tanta asneira, mesmo quando servi de cupida sem querer!(A responsabilidade não terá sido minha, mas fica sempre aquela vozinha: Hmm, se não os tivesse apresentado...
Pode ser que agora com esta história tão gira corra bem. Estou a torcer!