sexta-feira

Come Again?

Imagem tirada da Net



Acabei de ter a experiência mais surreal do ano!
Estava a sair do ginásio, quando veio uma rapariga ter comigo, com a seguinte pergunta:

- Não se importa de ir comigo ao Continente? Tenho de levantar dinheiro.
Ao que respondi:
- Desculpe?
- Tenho de ir levantar dinheiro ao Continente e não posso ir sozinha, porque tenho medo. E estou cheia de pressa.

Ora bem...

A rapariga anda lá no ginásio, estou careca de a ver a desfilar de corsários amarelo pirili, deve ser um pouco mais velha que eu e parece-me que não bate com elas todas, mas nunca me ocorreu que alguém abordasse uma desconhecida para ir levantar dinheiro porque tem medo de ir sozinha... Sabe lá ela se eu não a assaltava e lhe surripiava o graveto todo? Da maneira que as coisas estão!

Pedi desculpa, disse que não podia e vim todo o caminho para casa a pensar se fui uma cabra insensível ou se a minha recusa acabou de me salvar um rim!...


*

*


6 comentários:

Melissinha disse...

JÁ ME ACONTECEU EXACTAMENTE O MESMO.

Ana. disse...

Ontem ao jantar, comentei com as minhas amigas e todas são da opinião que a rapariga não bate bem...
Strange world!!
;)

Irina A. disse...

Ias e gamavas-lhe o cartão. Dah!!

Naná disse...

Eu ainda estou de queixo caído... o Tico e o Teca dessa miúda emigraram de certezinha!...

rosemary disse...

Muito estranho... Eu cá desconfio sempre e mais vale passar por cabra insensível do que ficar sem um rim.

Bjs*

Ana. disse...

rosemary!!
Há quanto tempo!
É que parecendo que não, um rim pode vir a fazer-me falta!!
;)