sexta-feira

Das Pessoas Novas...


Adoro conhecer pessoas novas.
Não sou nem nunca fui bicho do mato.

Conheço gente em todo lado. Até no mundo virtual. É que por aqui também se criam afinidades, afectos e amizades. Mesmo que muitos encarem estas amizades com desconfiança. (Como se toda a gente que se encontra do outro lado do monitor fosse um psicopata assassino ou alguém com perturbações psicológicas que se vai tentar aproveitar de nós e quiçá roubar-nos um rim para vender no mercado negro!)

Eu tenho uma compulsão estranha para acreditar que, até prova em contrário, todas as pessoas com quem estabeleço empatias são boas e merecedoras de confiança e amizade.
E nem sempre me engano. Às vezes descubro até verdadeiras pérolas em forma de gente.

Por isso foi mesmo muito bom constatar que quando vi a Mel, senti que já a tinha visto mil vezes. Que já tinha almoçado com ela antes, que era natural conversarmos como duas velhas amigas!
O almoço ficou carote e o vol-au-vent não era dos melhores, mas o resto foi perfeito!

Quando nos despedimos senti que era só um até já, um até loguinho!

Adorei!
;)


*

*



4 comentários:

Melissinha disse...

Chuaaaaac! :D
Nada tão recíproco! Muito assunto para tão pouco tempo!

Adoro pessoas como tu, que a conversa flui naturalmente, que as respostas encaixam, que sabe rir-se.

Quero mais! Mas num sítio mais barato, hehe.

Ana C. disse...

Para a próxima também quero :)

Ana. disse...

Beijos Mel!

Ana. disse...

Para a próxima vamos buscar-te a casa nem que seja pelas orelhas, Anacê!