quinta-feira

Cheirinho Doce...

Imagem tirada da Net - Não consegui arranjar maior!




Ao que parece, vou ter vizinhos novos.
Os senhores da água já vieram ligar o contador, os do gás também (e claro, tocaram à minha campainha), o candeeiro da porta já tem lâmpada e a soleira um tapete bonito com uns desenhos de heras.

Neste momento anda alguém a encerar o chão.
E o cheirinho que me entra pela frincha da porta é tão bom que só me apetece ir à casa ao lado perguntar se posso dar uma "snifadela" in loco!!

Adoro o cheiro da cera da madeira.
Daquela que vem nuns pacotinhos muito gordos e rijos.
Daquela que cheira a Natal e Primavera!

Até já me tinha esquecido deste cheiro.

Às vezes, são as coisas mais simples que me trazem as memórias mais doces!



*

*

3 comentários:

Ana C. disse...

Eu também adoro o cheiro de qualquer coisa encerada e não é vício, pois aquilo não dá moca, pois não?
Sabes que há um detergente para chão em madeira, daqueles ecológicos que tem precisamente o cheiro de quando se limpava antigamente com óleo de linhaça.
Hás de cheirá-lo é da Ecover castanho escuro (diz uma mocada para a outra)

Joanissima disse...

É realmente impresionante como os cheiros nos podem devolver bocadinhos de passado, não é? : )
Eu lembro-me deste cheiro a cera, em casa da minha avó. Em todas as férias da Páscoa, invariavelmente, lá andava eu a encerar o chão da casa, para preparar tudo para a visita Pascal..: : ))

Uma delícia...

Anónimo disse...

Bem,

Tenho esse cheirinho frequentemente na minha casa... conservo o soalho de madeira! :P
Dá trabalho, mas fica lindo e é óptimo para deslizar com meias de lã!
Ai... sinto-me uma miuda de cada vez que o faço!

Cumprimentos