terça-feira

Estação Meteorológica


Não sei se alguma vez falei disto, mas tenho um dedo que é praticamente uma estação meteorológica!
Este fabuloso, e quiçá um pouco torto, apêndice é o indicador da minha mão direita.

De cada vez que uma mudança das condições climatéricas está para breve, o sacana do dedo começa a doer-me da ponta da unha até à base. Uma dor interior, nos ossinhos, nas articulações, enfim um drama.
Ora esta dorzita de merda é mais persistente quando o tempo muda para chuva.
O que nos tempos que correm, e uma vez que agora até em Agosto chove, é uma valente bostice.
Se a isto juntarmos o facto de as cerca de oito mil palavras que escrevo por dia (num dia boooom) serem praticamente todas escritas com os dois indicadores e pouco mais (não, não escrevo à dactilógrafa, vai mesmo à preguiçosa!!) estas dores são uma verdadeira pinocada.

Agora, vamos fazer o resumo das actuais condições laborais:

Livro grande comó caraças + prazo quase, quase a dar o berro + chuva lá fora que até dá dó + dor no grande protagonista da escrita (aka indicador direito)

o que é que dá?

Uma vontade de trabalhar que até mete medo!!

E por falar nisso...
*
*

7 comentários:

Banita disse...

Dá jeito ter uma estação metereológica dessas sempre connosco e portáteis ainda por cima! Onde é que a arranjaste? LOL

Ana. disse...

Banita da minha vida!

Isto dá cá um jeito do caraças!! Queres que te ofereça a minha estação portátil?!!
Bem me parecia!!
Não sei onde é que a arranjei, mas suponho que foi numa parede perto de si!! Acho que devo ter batido com o dedo numa superfície dura qualquer (há muitos anos) e devo ter feito uma luxaçãozita que não ficou bem curada!

Agora olha, "andemos" assim!!

;)

E ó doida: não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe!!

Banita disse...

Ó Ana! Pois é! Que estupidez!!
Nem mal que nunca acabe então para ti também! ;)
Eu também fiz uma luxação no polegar esquerdo e um facto é que esse dedo dança como uma cobra na sua base, portanto penso que é na falange...
Feito por um menino que quis dar-me um pontapé no rabo e eu para me defender meti a mão à frente, neste caso atrás. O resultado está à vista... Felizmente não dói! Nem acusa mudnças de tempo.

Ana C. disse...

Eu tenho isso mas é nos DEDOS TODOS.
Quando ando em maré de trabalho até me dói coçar a barriga...

Nikky disse...

Tenho um joelho. Mas arranjá-lo foi uma chatice...

Ana. disse...

Chiça, Ana!
Se eu me vejo grega para trabalhar só com um dedo ao peito, imagino TODOS!!
'Dass!!

;)

Ana. disse...

Ó Nikky, o que eu gostei da tua constatação!!
"Tenho um joelho"?!!

Eu cá tenho dois!! Com a graça do senhor!!

Tou a brincar, percebi-te perfeitamente!!

;)