terça-feira

Lista de Recomendações...

Imagem tirada da Net



Ora bem, respondendo à pergunta da Joanissima quais seriam as minhas dez lições de vida?

Não sei ao certo se seriam lições, talvez recomendações fosse mais apropriado. Recomendações daquelas que se colam na porta do frigorífico para se poderem ler todos os dias. Porque eu ando muito perto de ser perfeita (!!), mas ainda podia limar umas arestas! Coisa pouca, vá...

Então, cá vai a lista:

1 - Coloca o amor à frente de tudo o resto.
2 - Procura ver sempre o lado positivo das coisas.
3 - Tenta ser tolerante, humilde, generosa, decidida e bem-disposta.
4 - Um sorriso e uma palavra simpática podem fazer toda a diferença - usa e abusa de ambos.
5 - Pensa antes de falar.
6 - Não te esqueças de cuidar de ti primeiro, para a seguir poderes cuidar melhor dos que te rodeiam.
7 - Ri muito. Baixinho, assim-assim, com sonoras gargalhadas, de qualquer maneira, mas ri!
8 - Faz o máximo que puderes hoje, para não sobrecarregares o amanhã.
9 - Aprende a movimentar-te em ambientes diversos e a falar com todo o tipo de pessoas.
10 - Conserva os amigos. Os que estão perto e os que estão longe. Todos te fazem falta.


Se calhar era de imprimir a listinha e colá-la à frente dos óculos...
A 5 e a 8 ainda me exigem algum esforço. Mas eu hei-de chegar lá!
O resto já vou fazendo, cá à minha maneira.
*
*

4 comentários:

Ana C. disse...

Já disse à Joaníssima que adoro esta ideia de fazer uma lista com as minhas lições de vida. o problema é que 10 coisas me parecem sempre poucas para 33 anos de experiência...
Gostei muito do coloca o amor à frente de tudo o resto ;)

rosemary disse...

É uma óptima lista, sim senhora. Eu cá preciso de trabalhar mais na 2, 8 e 9. Mas já estou a tratar disso!

Bjs*

Joanissima disse...

Vénias, vénias, doce ana.
As tuas recomendações poderiam ser para mim. Todas.

es linda, é oficial.

Miguel C. disse...

Sabes que normalmente, quando se fala em "lições de vida", as pessoas tendem a imaginar grandes testamentos metafísicos inacessiveis mas, para mim, a vida vive-se nas coisas simples. Como aquelas que acabas de descrever!!
Beijo!