quarta-feira

Banda Sonora!

Imagem tirada da Net




Numa das minhas recentes "sessões de pensamento compulsivo", pus-me a procurar a música da minha vida.
Aquela que eu gostava que ilustrasse um filme sobre os meus dias.
Fiquei um tanto incomodada por não conseguir decidir qual seria a dita música.
Tinha de ser alegre, mexida, mas não podia ser superficial e tinha de ter ao mesmo tempo uma batida melancólica e serena.
Tinha de ser capaz de reflectir todos os aspectos da minha personalidade, os vários estados de alma e os dias mais brilhantes, mas também aqueles mais cinzentinhos.

Pensei, pensei e pensei... (eu penso muito! - Para mal dos meus pecados...)

Até que fui "repescar" um CD que já não ouvia há algum tempo.
Não sei por que razão deixei de o ouvir, mas a verdade é que nem sabia onde ele andava.

A banda sonora da minha vida não podia ser só uma canção (só se fosse uma canção completamente esquizofrénica, mas nem assim servia), gaja mimada e egocêntrica como eu tem de ter um CD inteiro!!

O CD chama-se Amélie from Montmartre e é do mestre Yann Tiersen.
É a banda sonora de O Fabuloso Destino de Amélie, um dos meus filmes favoritos.

E é tudo o que me apetece ouvir agora. Condiz perfeitamente comigo, ilustra grande parte dos meus momentos e tem um som "quentinho", confortável, que me sabe bem e que é muito meu.

E pronto, com esta inquietante questão resolvida, está na altura de trabalhar e resolver outras questões, como por exemplo, por que razão os nossos joelhos e cotovelos dobram em direcções opostas?!
Ah, pois é! Isto é que é um desassossego!
*
*

6 comentários:

Ana C. disse...

Não foi ele que fez a Banda Sonora do Alice et Martin?
Gostei muito de saber que a música que melhor te descreve é uma banda sonora e não apenas uma faixa, mas o cd inteiro!
Sou maluquinha por bandas sonoras, tenho centenas. A próxima que quero comprar é a do Clint Eastwood que compôs os temas para a "Troca". Trabalhar ao som das Bandas SOnoras´pode fazer milgares pela criatividade :)

Princesa Tagarela disse...

Oh Princesa Pensadora!!!

Sim, um CD inteirinho,claro, mas podia também ser uma Jukebox repleta dos sons fantásticos que povoam as nossas vidas!

Já o enorme problema que é a descoordenação entre joelhos e cotovelos, será muito trabalho e pouco Gym????

E é tão bom o Gym, que é pena se não fores... ;)))

Ana. disse...

Ana C.

E olha que é um CD com 20 faixas!!

Não me lembrava de ver o nome do Yann Tiersen associado ao Alice et Martin, por isso fui investigar e aparentemente quem fez essa banda sonora foi o Philippe Sarde.

O Tiersen fez entre muitas outras, a música do Goodbey Lenine, que é outro filme fabuloso!
Recomendo vivamente!

;)

Ana. disse...

Ó Princesa doida!

Os joelhos e os cotovelos dobrarem ao contrário não é uma questão de descoordenação, é mesmo uma herança dos nossos antepassados répteis!!
Mas deixa lá isso!

Agora gym, sim, sempre!
Até o Nuno mi já aderiu!

;)

José Ricardo Costa disse...

Sim senhora, muito bom gosto!

JR

banita disse...

Também adoro esse filme e essa banda sonora! :o)
Também tenho esse CD e adoro ouvi-lo!
É tão variado e ao mesmo tempo as músicas parece que casam umas com as outras, não é?